domingo, 5 de fevereiro de 2006

Esperando... ou preparados?

Esperamos.... ou estamos preparados?
(Por Elaine C. Castro)


"E, sendo já manhã, Jesus Se apresentou na praia, mas os discípulos não conheceram que era Jesus. (...) Então aquele discípulo, a quem Jesus amava, disse a Pedro: É o Senhor. E, quando Simão Pedro ouviu que era o Senhor, cingiu-se com a túnica (porque estava nu) e lançou-se ao mar." (João 21.4,7)

Atualmente, a Igreja de Jesus Cristo está vivendo os últimos minutos de uma noite de sombrias trevas, onde o mundo jaz na escuridão e nada tem a oferecer que possa recompor em nós a verdadeira paz, a real felicidade e a boa esperança.

Para os salvos em Cristo, porém, a manhã está raiando, num resplandecer aparentemente vagaroso, com tímidos mas já manifestos raios do Sol a iluminar a negritude do mal. A justiça vem raiando. E, com ela, vem Jesus, esplendoroso e magnificado, para tomar para Si todos quantos comprou com Seu sangue e com esse sangue purificador remiu e limpou para apresentá-los imaculados diante do Senhor Deus.

A Igreja se prepara para receber o Senhor, buscando manter suas vestes brancas, limpas de toda e qualquer sorte de pecado, porque é assim que Jesus quer encontrar Sua noiva. Ora, Jesus é o noivo da Igreja:

"Regozijemo-nos, e exultemos, e demos-lhe a glória; porque são chegadas as bodas do Cordeiro, e já a sua noiva se preparou, e foi-lhe permitido vestir-se de linho fino, resplandecente e puro; pois o linho fino são as obras justas dos santos." (Apocalipse 19.7)

"Aquele que tem a noiva é o noivo; mas o amigo do noivo, que está presente e o ouve, regozija-se muito com a voz do noivo. Assim, pois, este meu gozo está completo." (João 3.29)

"E veio um dos sete anjos que tinham as sete taças cheias das sete últimas pragas, e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei a noiva, a esposa do Cordeiro." (Apocalipse 21.9)

... E qual noivo, em sã consciência e por vontade própria, celebraria uma cerimônia de casamento com uma noiva nua ou imunda, suja e desfigurada?

Como a vontade de Deus é soberana e deve prevalecer sempre, a Igreja procura viver a santificação a cada dia, "sem a qual ninguém verá a Deus" (Hebreus 12.14).

Pedro não esperava Jesus naquele momento, e quando o Mestre Se aproximou a ele, necessário foi ao discípulo esconder-se, porque não estava com vestes dignas para receber o Senhor. Era de manhã e Pedro ainda não estava preparado para ter um encontro com Jesus a qualquer momento, embora Cristo já lhes houvesse falado acerca de Sua ressurreição (Mateus 16.21).

E hoje, se Jesus Cristo voltasse para buscar sua Igreja, podemos ter um encontro com Ele e nos apresentar em santas vestes, limpos do pecado e preparados para confirmar a união eterna com o Cordeiro de Deus? Ou precisaríamos nos envolver em uma túnica (como Pedro fez) e nos esconder no mar para que o Senhor não veja as nossas vergonhas?

Esperar é diferente de estar preparado. Uns esperam, mas se Cristo voltasse agora, quando a manhã já é chegada, com certeza seriam encontrados em trajes desonrosos e, conseqüentemente seriam reprovados por Deus.

"Eis que venho como ladrão. Bem-aventurado aquele que vigia e guarda as suas vestes, para que não ande nu, e não se vejam as suas vergonhas." (Apocalipse 16.15)

Algumas pessoas argumentam que não precisam de congregar em uma igreja para serem salvas por Cristo. Mas esse argumento que se não pertence à Igreja de Cristo e se encontra em condições de ser recebido por Cristo é completamente sem fundamentos e perigoso, pois Jesus Cristo não é bígamo. Ele tem um compromisso com Sua Igreja e com nenhuma outra instituição mais. Não pertencer à igreja de Cristo é o mesmo que preferir ser deixado no dia do arrebatamento, quando somente a Noiva de Cristo será levada da terra.

"(...) congregai os anciãos, e todos os moradores da terra, na casa do Senhor vosso Deus, e clamai ao Senhor." (Joel 1.14)

"Congregai-vos, sim, congregai-vos, ó nação sem pudor." (Sofonias 2.1)

"(...) como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, a fim de a santificar, tendo-a purificado com a lavagem da água, pela palavra, para apresentá-la a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem qualquer coisa semelhante, mas santa e irrepreensível." (Efésios 5.25-27)

Portanto, em todo tempo sejam alvas as nossas vestes (Eclesiastes 9.8), a fim de estarmos sempre preparados para nos encontrar com nosso Senhor, quando Ele bem quiser retornar e confirmar o fim da noite tenebrosa para Seu povo, fazendo resplandecer o seu triunfo e lhe coroando com a vida eterna na cidade onde o próprio Deus é a luz que jamais cessa de brilhar e iluminar (Apocalipse 21.23)!

ORAÇÃO
"Doce Espírito Santo, divino companheiro no caminho, ajuda o Teu povo a manter suas vestes irrepreensíveis, para que a cena trágica que aconteceu com Pedro (um escolhido do Senhor) naquela praia, no plano espiritual não se repita com muitos chamados por Deus para a salvação. Em nome de Jesus ensina-nos a viver santa e irrepreensivelmente, convence-nos de todo pecado e ajuda-nos a resistir às paixões do mundo. Queremos que Cristo Se agrade ao retornar e nos encontre imaculados, com vestes alvas, como Ele quer e espera nos receber. Faça essa boa obra na santa Igreja do Senhor sobre a terra, começando por mim, porque de todos me entendo como o mais necessitado de transformação e santificação em Cristo. Em o nome no nosso Senhor Jesus Cristo, o mais sublime e excelso Senhor e Deus do universo, e que tanto almejo contemplar face a face e adorar por toda a eternidade, eu oro. Amém."