sábado, 1 de maio de 2010

Haja Luz!




“Era a terra sem forma e vazia; trevas cobriam a face do abismo, e o Espírito de Deus Se movia sobre a face das águas. Disse Deus: “Haja luz!”, e houve luz. Deus viu que a luz era boa, e separou a luz das trevas. Deus chamou à luz dia, e às trevas chamou noite. Passaram-se a tarde e a manhã; esse foi o primeiro dia.” (Gênesis 1.2-5)


Quando Deus foi arrumar a terra “sem forma e fazia”, a primeira coisa que Ele fez, conforme a narrativa bíblica, foi gerar luz. Mas isso não foi só uma intenção de Deus. Na verdade, aponta também para uma conseqüência da Sua presença, pois o SENHOR começava a agir na terra, e onde Ele chega as trevas se dissipam.

Além disso, o SENHOR demonstrou com esse fato que, quando se pretende organizar alguma situação, seja qual for, a primeira coisa a fazer é esclarecer os fatos, buscar iluminação, colocar as trevas no seu devido lugar, bem longe da situação.

Sob o efeito de uma luz, é mais fácil solucionarmos problemas. Não quero, porém, dizer que Deus precisa estar às claras para enxergar alguma coisa e poder agir. Seu poder é ilimitado e Sua visão também (Salmo 139). Acontece que Ele sempre faz tudo intencionalmente, com um propósito. E deixou-nos um exemplo claro sobre a importância de buscarmos luz para resolver qualquer questão, e de andarmos na luz para vencermos qualquer treva se quisermos chegar ao Céu.

A luz permite aos homens ver e compreender muitas coisas e, assim, eles podem lidar melhor com elas. Por isso, Deus, no Seu incomparável amor e imensa bondade, preocupou-Se em enviar Jesus, a luz do mundo (João 8.12), para esclarecer nossa visão escurecida pelo pecado. Precisamos enxergar o mundo mau como ele é exatamente e saber como e por onde fugir de tudo o que aparenta ser mal (1Tessalonicenses 5.22). Precisamos entender como estamos e empregar esforços para melhorarmos. Precisamos limpar bem todas as manchas do nosso ser e, se estamos no escuro ou se temos pouca luz, muitas coisas ainda ficarão por fazer em nós.

Muitos cristãos têm se apegado às coisas deste mundo porque não estão com quantidade suficiente da luz de Cristo. Tropeçam aqui, afundam ali, se engancham acolá... Têm uma visão embaçada do que a eternidade está lhes propondo.

Mas nós não queremos perder a oportunidade de partir para a glória eterna com Cristo, não é?

Então, nós vamos buscar mais do SENHOR. Vamos caminhar cada instante sob a direção e a companhia do Espírito Santo. Vamos nos entregar a Deus como jamais fizemos. E vamos fazer isso com amor, para que aumente sobre nós a divina luz, para que nós possamos enxergar quão lindo e valioso é o Céu.

Vamos entregar tudo o que temos e somos ao SENHOR, e Ele nos ajudará. Não nos faltará Sua maravilhosa luz e, assim, nunca mais nós erraremos o caminho de volta para Casa.

Ficou claro?