sábado, 1 de janeiro de 2011

BEBÊS CELESTIAIS

A Bíblia em um ano:
Gênesis 1-3
Mateus 1


“... Mediante o Evangelho, os gentios são co-herdeiros com Israel, membros do mesmo corpo, e co-participantes da promessa em Cristo Jesus. [...] Vejam como é grande o amor que o Pai nos concedeu: sermos chamados filos de Deus, o que de fato somos! ...”
Efésios 3.6 e 1João 3.1


Tenho um papel de parede no meu desktop, que montei com as imagens de vários bebês.

Nesta manhã, olhando para essas criaturas tão adoráveis, percebi mais um pouco do amor do Senhor em cada sorriso – doce ou serelepe –, em cada olhar – analítico ou distraído –, em cada expressão – alegre ou incomodadas, tímida ou extrovertida. Em cada um desses rostinhos vi Deus e o Seu amor Se expressando pelos mais diferentes tipos de pessoas, de todas as raças e idades, de todas as qualidades e tamanhos.

Creio que a graça que nos contagia quando vemos bebês tão lindos e tão despreocupados com a vida é a mesma que enche o coração do Senhor a nosso respeito, quando Ele nos encontra tão pequenos e dependentes dEle – e conscientes disso. Quando Ele pode nos tomar em Seus braços, brincar conosco, nos fazer ninar, nos amar com alegria como os pais amam seus filhos.

Neste ano que começa, desejo a você essa dependência do Pai Eterno. Desejo que Ele tenha total liberdade para te levar em Seu colo para onde Ele sabe que deve ir. Desejo que Suas provisões sejam as melhores a seu respeito, sobre você e o seu lar.

E desejo que você jamais deixe de acreditar, seja em momentos de triunfo ou de frustrações, em meio a alegrias ou dores, que Ele é o Pai cujo cuidado jamais te desampara.

Se você se firmar nessa certeza, seu 2011 será o melhor de todos os outros anos que você já viveu.

No sincero amor dEle, que nos chama de filhos.

[Se quiser instalar no seu computador o papel de parede de que falei, clique aqui.]