domingo, 9 de janeiro de 2011

DEUS PRESENTE

A Bíblia em um ano:
Gênesis 23-24
Mateus 7



“Quando Saul viu Davi avançando para enfrentar o filisteu, perguntou a Abner, o comandante do exército: ‘Abner, quem é o pai daquele rapaz?’ Abner respondeu: ‘Juro por tua vida, ó rei, que eu não sei’. (...) E Saul lhe perguntou [a Davi]: ‘De quem você é filho, meu jovem?’ Respondeu Davi: ‘Sou filho de teu servo Jessé, de Belém’.”
1Samuel 17.55,58


Davi já estava há algum tempo com Saul, tocando sua harpa para que o espírito mau que atormentava Saul se acalmasse (1Samuel 16.14-23). Contudo, Saul só se deu conta da importância da presença de Davi quando este matou o gigante Golias num momento crítico em Israel, onde nem todo o exército israelita poderia vencer os filisteus, tamanha era a dificuldade daquela guerra.


Sendo Davi um tipo de Cristo, hoje verificamos o Senhor Jesus ao lado de muitas pessoas acalmando as situações, restabelecendo os ânimos, promovendo a graça sobre suas vidas, mas tais não se dão conta da importância de Jesus Cristo para si.

Às vezes Deus permite a guerra se tornar bastante intensa, dificultosa, e as providências humanas se esgotarem para que possamos atentar ao fato de que Jesus está presente e quer conduzir toda a nossa vida...

Deus não opera somente nas grandes dificuldades. Ele está ao nosso lado nos menores e mais insignificantes situações (aos olhos humanos), exalando Seu perfume e nos ensinando a cantar um novo cântico em todos nossos momentos.

Basta atentarmos para isso.

E, então, quando chegarem os momentos das grandes batalhas, com certeza não faremos como Saul, que já se tinha desesperançado diante das afrontas dos filisteus, assim como todo Israel (1Samuel 17.23-33). Mas estaremos convictos que o mesmo Deus que esteve ao nosso lado espantando espíritos maus, e vencendo pequenos leões e ursos também é poderoso para derrotar astutos e temerosos gigantes!

Atentar para Deus presente nos pequenos momentos são pedras que calçam nossa fé e nos permitem compreender que Ele não nos abandona nas grandes tribulações.