domingo, 27 de fevereiro de 2011

Ele já veio!

A Bíblia em um ano:
Números 15-19
Marcos 6


“Mas quando o Espírito da verdade vier, ele os guiará a toda a verdade. Não falará de si mesmo; falará apenas o que ouvir, e lhes anunciará o que está por vir.”
João 16.13

Ele já veio (João 20.2). Ele é o Espírito Santo de Deus que convence o mundo do pecado, da justiça e do juízo (João 16.8). Ele nos foi entregue por Guia, e nos conduzirá pela verdade que salva, que cura, que liberta, que transforma, que dá vida (e vida em abundância), que é justa, que alegra, que revigora, que dá paz como o mundo não pode dar. A única verdade, o único caminho, a única vida que permanece para toda a eternidade: O Cristo, o verdadeiro Filho de Deus (João 14.6)...

Ele veio pra nos anunciar o que há de vir... e há de vir salvação para os perdidos, liberdade para os cativos, justiça para os oprimidos, perdão para os pecadores, esperança aos entristecidos, paz aos desesperados, consolo aos abatidos... vitória aos que O receberem como Guia e luz para o caminho.

Mas uma batalha foi travada desde o início de tudo, quando o mal se manifestou em Lúcifer e este foi lançado Éden abaixo (Ezequiel 28.13-19; Isaías 14.12-15) e o seu fim se dará quando o Senhor Jesus vencer Satanás para sempre (Apocalipse 20.7-10). Isso já está decretado por Deus. E tudo o que seguiu o mal será derrotado com ele (Apocalipse 20.11-15). Por esse motivo, há de vir também juízo severo sobre todos quantos desprezaram tamanho amor que Deus dispensou sobre o mundo. Não porque Deus seja um tirano cruel e impiedoso. Mas porque houve preferência da parte de muitos homens por viver em comunhão com aquele a quem a derrota absoluta já estava decretada.

Ora, Deus enviou Seu Filho Unigênito como prova de que estava disposto a fazer tudo para que tivéssemos direito à comunhão eterna com Ele. O pecado nos separava. Hoje já temos plena liberdade de nos achegar a Deus. O mal nos oprimia. Hoje somos libertos para viver a vontade do Pai. As trevas nos envolviam. Mas hoje temos a luz do Senhor que nos orienta acerca da direção correta a seguir para a salvação.

Desperta, pois, tu, que dormes! Que fazes, que ainda não entregaste a tua vida aos cuidados dEsse Espírito de amor enviado por Deus para te abençoar e te conduzir à vida eterna?

Hoje temos a liberdade para escolher entre a vida com Deus e a vida sem Deus, mas não devemos nos esquecer que a derrota do mal e de todos os seus seguidores já foi decretada.