domingo, 13 de fevereiro de 2011

Semente que germina no deserto

A Bíblia em um ano:
Levíticos 14
Mateus 26.51-75


“E [Abraão] não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé, dando glória a Deus; e estando certíssimo de que o que Ele tinha prometido também era poderoso para o fazer.”
Romanos 4.20-21


Enquanto Abraão esperava pela promessa de Deus, ele O glorificava...

Enquanto glorificava a Deus, sua fé se fortalecia...

Enquanto se fortalecia na fé, mais se aproximava de Deus...

E aproximou-se tanto a ponto de ser chamado amigo de Deus (Tiago 2.23)...

Sendo amigo de Deus, Abraão tornou-se íntimo do Senhor...

Conhecendo a Deus com intimidade, aquele servo teve a garantia que Deus realmente é fiel e poderoso para fazer cumprir todas as Suas promessas...

E assim soube mesmo esperar pela realização da sonhada promessa...

E finalmente a pode vê-la cumprida!

Já abençoado e ainda com mais fé, Abraão voltou à prática da glorificação a Deus...

E enquanto glorificava, sua fé se fortalecia ainda mais...

E tantas maravilhas pôde contemplar da parte de Deus... simplesmente porque creu!

Caminhou de fé em fé e viveu de glória em glória...

Que glorioso exemplo nos deixou!

Seu exemplo nos faz acreditar que a fé é uma semente que, quando regada pela constante gratidão e adoração a Deus, germina e produz lindos campos, mesmo onde só haja deserto.