terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Tinha que ressuscitar...

A Bíblia em um ano:
Levíticos 17-18
Mateus 27.27-50


“Todavia, Deus, que é rico em misericórdia, pelo grande amor com que nos amou, deu-nos vida juntamente com Cristo, quando ainda estávamos mortos em transgressões — pela graça vocês são salvos. Deus nos ressuscitou com Cristo e com ele nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus, para mostrar, nas eras que hão de vir, a incomparável riqueza de sua graça, demonstrada em sua bondade para conosco em Cristo Jesus.”
Efésios 2.4-7

Os sacrifícios expiatórios de animais a Deus eram ofertas a Ele pra que os delitos cometidos pelos homens fossem perdoados.

Mas nenhum animal morto nos sacrifícios pelos sacerdotes é relatado pela Bíblia como um que tenha retomado a vida após morto nos holocaustos.

Cristo, porém, o último sacrifício por nossas culpas, foi ressurreto. Na verdade, não bastava Jesus Cristo morrer numa cruz para que nossa vitória fosse completa. Sua morte simplesmente apenas nos garantiria o perdão, como em qualquer outro sacrifício. Mas a Sua ressurreição foi que nos garantiu o direito da vida eterna também (Efésios 2.6).

Ele tinha que ressuscitar para que vencesse a batalha contra o astuto inimigo das nossas almas e assim nós também fôssemos vitoriosos. Ele tinha que ressuscitar para que as cadeias que, por ventura, viessem a existir aprisionando o homem longe de Deus após a morte de Cristo pudessem ser destruídas pelo poder do Seu nome que permanece vivo e forte para sempre. Ele tinha realmente que ressuscitar, para que continuássemos cheios de esperança em relação ao futuro daqueles que procuram viver com Deus. Ele tinha que ressuscitar para que pudéssemos ressuscitar com Ele do mal que antes nos fazia mortos para Deus, e com Ele pudéssemos nascer de novo para uma vida melhor e mais certa diante do Criador de todas as coisas.

Jesus tinha que ressuscitar para nos dar o direito de nos assentar nos lugares celestiais com Ele e servirmos de testemunhas a todos como Deus é riquíssimo em bondade e misericórdia, que nos concedeu o presente maravilhoso da salvação em Cristo Jesus, ainda que nenhum de nós o merecesse.

Jesus não foi mais uma pessoa que morreu em nome de uma causa que Lhe parecia justa. Ele tinha que fazer algo mais que morrer, como qualquer homem poderia ter feito. Ele teve que ressuscitar, para mostrar ao mundo que o que Deus tem para os que O amam e obedecem é infinitamente melhor e mais importante do que qualquer coisa que possamos receber deste mundo... Ele nos deu, com Sua ressurreição, a vida eterna!

Cristo morreu para que fôssemos perdoados, e ressuscitou para que fôssemos vitoriosos. Aleluia!

Verdadeiramente, Ele tinha que ressuscitar para nos mostrar que Ele é Senhor até sobre a morte, e que ela não é o fim daqueles que vivem para Deus.