segunda-feira, 23 de maio de 2011

...E descansar!

A Bíblia em um ano:
1Crônicas 19-21
João 8.1-27

"Deleite-se no Senhor, e Ele atenderá aos desejos do seu coração. [....] Descanse no Senhor e aguarde por Ele com paciência..."
Salmos 37.4,7


O cansaço desanima qualquer ser vivo de fazer qualquer coisa. Ele afasta todo ânimo até para realizarmos coisas que nos dão prazer, como conversar, trabalhar, comer, passear. O cansaço, muitas vezes, nos encerra debaixo de cobertores e nos dá o único gozo que desejamos ter em momentos de estafa: descansar!

E não é difícil se cansar. Basta exagerar no tempo ou na intensidade da execução de certa atividade, ou basta acumular muitas ocupações para que vivamos numa sobrecarga de ocupações e preocupações.

E não só em relação aos nossos corpos, mas principalmente às nossas mentes e espíritos, o cansaço pode causar grande fadiga e desânimo, resultando em estragos que muitas vezes só poderão ser revertidos pela interferência divina.

Muitas vezes nossos corações se cansam tanto de esperar pelas promessas, por justiça, por melhores condições. Se fadigam da vida, das pessoas, das coisas, das situações.

Maravilhoso é saber que temos um lugar confortável para descansarmos tranqüilos enquanto a Paz volta para dentro de nós. Esse lugar é o Senhor. No Seu colo, como crianças, podemos recostar nossas cabeças cansadas da vida e sentir Seus afagos de Pai, enquanto Suas palavras nos consolam, orientam e anima.

Revigorados, agora, podemos retomar a vida com calma e prosseguirmos descansados pelo caminho, certos que o cansaço em nós só retornará se outra vez nós enfrentarmos com nossas forças pequeninas o que se levanta à nossa frente.

“Não tenham medo deles. O Senhor, o Deus de vocês, é quem lutará por vocês” (Deuteronômios 3.22). Deus sabe que sozinhos não conseguimos, por isso Ele Se prontifica a batalhar por nós e em nosso lugar. Não devemos, portanto, desperdiçar nossas poucas forças com lutas que não podemos vencer. Nossas poucas forças devem ser concentradas no esforço de manter-nos sempre olhando para o Senhor e segurando Sua mão. [E ainda assim elas costumam falhar...]. Elas devem ser concentradas na intenção de vermos o Senhor vencendo nossas guerras por nós.

Lutar, vencer, são possibilidades para Senhor. Ele, em nós, é a força e a capacitação sob medida para vencermos as batalhas de cada dia. Ele guerreia nossas guerras por nós. E Ele faz isso porque sabe que apenas as nossas condições não nos darão êxito algum nas nossas guerras, nem vitória alguma sob o potente, astuto e feroz inimigo das nossas almas.

Querido(a) leitor(a), sua mente está embaçada? Seus pensamentos estão cansados e sua alma abatida? Corra para os braços do Senhor. Ele te sustenta no caminho e leva com segurança de volta para a nossa Casa Eterna, onde o cansaço, em nenhuma das suas instâncias, nos alcançará outra vez.

Em qualquer circunstância, principalmente nos momentos de agitação, nada melhor que correr para Deus e descansar da vida.