sábado, 28 de maio de 2011

Tua justiça venha!

A Bíblia em um ano:
2Crônicas 3-6
João 10.24-42

“Entregue o seu caminho ao Senhor; confie Nele, e Ele agirá: Ele deixará claro como a alvorada que você é justo, e como o sol do meio-dia que você é inocente.”
Salmos 37.5-6


Às vezes queremos nos justificar diante das pessoas, provar para elas de algum modo que somos inocentes, que estamos corretos, que temos a razão. Já presenciei muitas pessoas – e eu pessoalmente era uma delas – que compraram briga com o mundo para convencê-lo de alguma coisa e fazer com que a última palavra fosse a sua.

Quanta arrogância e tolice!

Depois que conhecemos o Senhor e nos tornamos conhecidos dEle, esse comportamento desgastante [para todos] deve ser abdicado dos nossos corações, pois é o Senhor quem nos justifica; Ele é quem responde por nós, Seus filhos, como um pai responde por seus filhinhos.

Vamos, pois, fazer o bem e descansar no Senhor e na Sua promessa de justiça sobre nós. Não vamos entrar em discussões tolas nem deixar que a arrogância embace a humildade de Cristo em nós, quando alguém duvidar de nós, questionar nossa fé ou desconsiderar nosso testemunho, mesmo que estejamos caminhando à luz dos ensinamentos do Mestre.

Ainda que as pessoas pensem errado a nosso respeito, tirem conclusões precipitadas, criem imagens distorcidas sobre nós, o Senhor Se encarregará de fazer toda a verdade vir à tona no momento certo.

A última palavra que queremos que seja a nossa, será a dEle em nosso favor. E ninguém mais poderá refutá-la.

"Tua justiça venha, Senhor! Cala a boca do perseguidor e envergonha os que desconfiaram do bom testemunho dos Teus santos. Ajuda-nos a caminharmos à luz das Tuas doutrinas santas e não desperdiçarmos nosso tempo e forças tentando nos defender das calúnias, das inverdades, das dúvidas a nosso respeito. Que Cristo responda por nós, e nós sejamos sinceros testemunhos da Sua santidade e glória na terra. Oramos no nome Dele. Amém."