terça-feira, 7 de junho de 2011

Um arco-íres permanente

A Bíblia em um ano:
2Crônicas 28-29
João 17


“O Meu arco tenho posto na nuvem; este será por sinal do concerto entre Mim e a terra. E acontecerá que, quando Eu trouxer nuvens sobre a terra, aparecerá o arco nas nuvens. Então, Me lembrarei do Meu concerto, que está entre Mim e vós e ainda toda alma vivente de toda carne; e as águas não se tornarão mais em dilúvio, para destruir toda carne.” 
Gênesis 9.13-15

Como seria o mundo sem cores?

É bem difícil de imaginar, não é mesmo?

As cores expressam vida. Elas alegram e embelezam o mundo.

Houve um momento da história humana em que o mundo foi inundado pelo dilúvio porque Deus estava muito triste com a maldade que havia nas atitudes dos homens.

O dilúvio trazia consigo a morte. Um triste cenário de pouquíssimas cores era o que se podia contemplar depois dele. Era o resultado da destruição, reflexo da tristeza que havia no coração de Deus por causa do pecado.

Mas Deus nos mostrou que Seu amor é imenso. Ele nos prometeu que aquela cena horrível jamais se repetiria. Ele queria que o mundo recomeçasse com muitas cores, em todos os aspectos. E para nos garantir que Ele nos ajudaria a reconstruir o mundo mais bonito, Deus nos deixou um sinal que nos faz lembrar a fidelidade, a grandeza e a bondade do Senhor: Ele colorou o arco-íres no céu após cada chuva.

Sempre que o sol se manifesta após uma chuva, por mais fraca que ela tenha sido, um lindo arco-íres surge em algum lugar do mundo enfeitando o céu e lembrando à terra que as cores existem.

Elas não deixaram de ser por causa das águas que trazem, para muitos, a destruição, mas para outros, a vida...

Transpondo essa visão para o seguimento espiritual, vemos as nossas vidas muitas vezes cheias de problemas diversos, repletas de negras nuvens carregadas de pecado que precipitam culpas impiedosamente sobre nós.

Há um lindíssimo provérbio chinês que diz: “Jamais se desespere em meio às sombrias aflições de sua vida, pois das nuvens mais negras cai água límpida e fecunda!”

É maravilhoso sabermos que todas as coisas contribuem para o bem daqueles que amam a Deus e que foram chamados por Seu decreto (Romanos 8.28)! É magnífico ter a certeza que, mesmo das horas difíceis, os filhos de Deus sempre podem extrair lições que edificarão suas vidas e lhes fortalecerão ainda mais para enfrentarem a próxima tempestade com mais vigor e coragem.

Contudo, é ainda mais glorioso para um cristão autêntico ter a certeza que, ao romper da aurora, isto é, na manhã que vem, o choro da noite cessará (Salmos 30.5). Traçando um paralelo: um lindo arco-íres surgirá após a densa chuva! E além dos ensinamentos grandiosos para nós, também contemplaremos o sinal do Senhor, nos anunciando que Ele está conosco, em Paz, e quer nos ajudar a preencher nossas vidas de cores novamente...

Sim! Após a chuva, os filhos de Deus podem olhar sempre para o alto, certos que o Sinal do Senhor se manifestará como um sinal de esperança, anunciando que haverá novamente cores, alegria e beleza em nossas vidas.

É um lembrete que em Deus sempre é possível começar de novo...