quinta-feira, 28 de julho de 2011

Lembranças da eterna Graça...

A Bíblia em um ano:
Salmos 46-48
Atos 28


“Louvai ao Senhor, porque Ele é bom, porque a Sua benignidade dura para sempre!”
Salmos 118.1


Faz-me lembrar que o mesmo Deus que curou cegos, aleijados e toda sorte de enfermos que foram até Ele, permanece fazendo o bem, e permanecerá para sempre!

Faz-me lembrar que o Deus que abriu o mar no último instante, mantém Seus olhos fixos no relógio do tempo, e no momento certo decidirá a meu favor. E permanecerá bondoso assim para sempre!

Faz-me lembrar que o Quarto Homem já está dentro da fornalha, quando ali sou lançada. Sustenta-me com vida e permite que sejam queimadas apenas as amarras, para que eu saia de lá intacta. E será benigno assim para sempre!

E faz-me lembrar de tantas outras coisas que provam Sua bondade infinita e benignidade incessante, pelo que até aqui tenho sido sustentada por Ele a cada instante. E será assim para sempre!

Diante de tudo isso, só em lembrar quem Ele é e o quanto tem feito por mim, louvar ao Senhor é algo que nasce espontaneamente em meu coração.

E será assim para sempre!