quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Motivos para adorar ao Senhor

A Bíblia em um ano:
Salmos 112-115
1Coríntios 6



"Aclamem o Senhor todos os habitantes da terra! Prestem culto ao Senhor com alegria; entrem na Sua presença com cânticos alegres. Reconheçam que o Senhor é o nosso Deus. Ele nos fez e somos dEle: somos o Seu povo, e rebanho do Seu pastoreio. Entrem por Suas portas com ações de graças, e em Seus átrios, com louvor; dêem-Lhe graças e bendigam o Seu nome. Pois o Senhor é bom e o Seu amor leal é eterno; a Sua fidelidade permanece por todas as gerações."
Salmos 100 - NVI


Quando o salmista convida todos os moradores da terra a celebrarem com júbilo ao Senhor (Salmos 100.1 - ACF), ele conta, pelo menos, três motivos para que façamos isso sem hesitarmos: “Sabei que o Senhor é Deus; foi Ele que nos fez, e não nós a nós mesmos; somos povo Seu e ovelhas do Seu pasto” (Salmos 100.14 – ACF).

Primeiramente, saber que o Senhor é Deus, ou, como na tradução da Nova Versão Internacional (NVI), reconhecer “que o Senhor é o nosso Deus”. O Senhor é Deus, e ninguém mais tem esse posto. O Senhor é Deus e nenhum outro deus há que possa ocupar o Seu lugar. Os demais deuses são falsos, inventados pelo homem.

Só o Senhor é o Deus que criou todo o universo e tudo o que nele há, inclusive os homens, que fazem para si outros deuses. Só o Senhor é Deus e só Ele é digno. Só o Senhor é Deus e por isso Ele é merecedor de plena adoração de todas as criaturas.

Segundo, “foi Ele quem nos fez, e não nós a nós mesmos...”. Nenhum de nós, filhos de Deus, deixou as trevas e veio para a luz sozinhos. Nenhum de nós despedaçou os grilhões que nos prendiam. Nenhum de nós pôde [nem poderá] vencer o inimigo valente e forte que luta contra nossas vidas intentando destruí-las. Nenhum de nós conseguiu sair sozinho do lamaçal de pecado que nos atolava. Nenhum de nós tem força suficiente para dar o passo seguinte e permanecer em pé.

“Ele nos fez, e somos dEle”. Essa é a garantia da nossa vitória aqui e na eternidade: O Senhor nos tornou nisso que somos hoje: Seus filhos, Sua herança, mais do que vencedores. E assumiu toda responsabilidade e domínio sobre nós. Somos dEle! E é isso que nos torna mais que vencedores, triunfantes a cada dia, a cada novo desafio. Também isso somente já seria motivo suficiente para adorarmos ao Senhor com todo o júbilo das nossas almas.

Terceiro, “somos Seu povo e ovelhas do Seu pasto”. “Somos Seu povo, e rebanho do Seu pastoreio”. Temos um dono, um Deus de amor, de bondade e de misericórdia que cuida de nós, nos defende incondicionalmente e protege de toda investida maligna. Temos um Pai que providencia tudo o que precisamos e renova Suas misericórdias sobre nós a cada manhã. Temos um Senhor que nos forma e instrui a cada instante, melhorando nosso caráter e nos dando estrutura a cada novo desafio. Temos um Amigo que não nos abandona jamais, e consola nossos corações, dando-nos sempre a direção certa. Temos um Advogado que defende nossas causas e nos defende do acusador. Temos um Juiz que julga nossas causas e nos absolve de todo pecado e culpa. Temos um nome e uma identidade, uma família e uma referência, que é o Deus que nos chamou para o Seu Reino de amor, de justiça e de Paz.

Não é para celebrarmos a cada minuto do nosso dia? Não é para adorarmos ao Senhor incondicionalmente? Não é para sermos fiéis a Ele e seguimo-Lo sem olhar para trás?

Momentos difíceis comumente nos fazem esquecer da bondade e da fidelidade do Senhor. Por causa disso, as circunstâncias se tornam gigantes intransponíveis diante dos nossos olhos e a ingratidão cega a nossa visão e fecha os ouvidos da nossa alma. Mas nem mesmo as adversidades, por maiores que sejam, são motivos para deixarmos de adorar e celebrar com júbilo ao Senhor, pois além de continuar sendo Deus, nosso Senhor tem demonstrado Sua fidelidade aos Seus filhos no decorrer dos séculos, sem jamais decepcioná-los.

Portanto, olhe para trás e veja o quanto o Senhor já tem feito por você, como tem te suportado e amado com todas as suas máculas e fraquezas. Olhe para frente e ouça a Sua voz renovando as promessas e reafirmando Seu cuidado. E erga sua voz e suas mãos aí mesmo, onde você está, dando graças ao Senhor, com todas as suas forças e sincera alegria, pois Ele é digno, e nós somos provas vidas do Seu poder miraculoso e do Seu amor eterno.

O vídeo abaixo reforça este convite. Com gratidão e sem reservas, permita-se hoje adorar e amar ao Deus é que fiel, e deixe-se envolver no amor leal do Pai Eterno.

Mas não pare por aqui. Faça deste hoje de gratidão um eterno presente de louvor e adoração ao Deus que é bom, porque a Sua fidelidade dura para sempre.