segunda-feira, 15 de agosto de 2011

O Guia e a Lanterna

A Bíblia em um ano:
Salmos 81-93
Romanos 14




“Dei-lhes, entretanto, esta ordem: Obedeçam-Me, e Eu serei o seu Deus e vocês serão o Meu povo. Vocês andarão em todo o caminho que Eu lhes ordenar, para que tudo lhes vá bem. Mas eles não Me ouviram nem Me deram atenção. Antes, seguiram o raciocínio rebelde dos seus corações maus. Andaram para trás e não para frente.”
Jeremias 7.23-24


Se, numa noite nublada, você precisasse subir até o alto de uma montanha, caminhando por uma estrada sem nenhuma iluminação, cheia de buracos e armadilhas, à beira de um precipício, e totalmente desnivelada... Você ousaria fazê-lo sozinho?

Acredite: há muita gente que o faz.

E se você tivesse um guia com uma lanterna, alguém que sabe onde está cada buraco, depressão e armadilha, sabe a distância exata entre o precipício que está de um lado e o paredão rochoso do outro, e que está disposto a te auxiliar nessa subida... Você rejeitaria sua ajuda?

Acredite: muita gente rejeita.

A caminhada para o Céu pode ser perfeitamente ilustrada como as situações que acabei de descrever. Estamos numa subida constante pela montanha, até que cheguemos ao topo. Há momentos em que enxergamos um pouco durante o dia [o que não diminui em nada os riscos], mas quando vêm as noites, o perigo de morte é ainda mais iminente e constante.

Porém, mesmo sabendo que há um Guia – o Espírito Santo – com uma lanterna – a Bíblia -, multidões de milhões têm, sozinhas, avançado monte à cima e, inevitavelmente, descambado precipício à baixo.

Parece loucura, não? Mas elas preferem chamar de loucos aquelas pessoas que buscam a ajuda do Senhor para encaminharem suas vidas e deixam-No guiar os seus passos nesta perigosa jornada. (1Coríntios 1.18; 2.14)

Não se surpreenda: Você também está nela. Ela se chama vida, e nenhum ser humano que já existiu – existe ou existirá – está isento de caminhar por ela. É nessa subida rumo à eternidade que escolhemos deixar Deus nos conduzir ou não. É aqui que decidimos se Ele ditará as regras e nós obedeceremos ou não, a fim de evitar que caiamos em buracos, armadilhas ou mesmo no abismo. E se Ele [o Senhor] for o guia, tudo em nós deverá sujeitar-se a Ele e ao seu conhecimento.

É uma questão de fé e obediência, que se aliam para alcançar a mais importante de todas as conquistas: a salvação eterna. “ ‘Porque sou Eu que conheço os planos que tenho para vocês’, diz o Senhor, ‘planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro. Então vocês clamarão a Mim, virão orar a Mim, e Eu os ouvirei. Vocês Me procurarão e Me acharão quando Me procurarem de todo o coração. Eu Me deixarei ser encontrado por vocês’, declara o Senhor, ‘e os trarei de volta do cativeiro’.” (Jeremias 29.11-14)

Há muitos anos eu decidi seguir as direções da lanterna e da voz do Senhor. Desde então, nunca mais dei com a cara na parede, caí em buracos ou fui pega em armadilhas. Tive alguns arranhões, inevitáveis cansaços durante a subida, mas ainda estou de pé e caminhando com Ele. O precipício ainda está do outro lado da minha estrada e permanece um perigo constante, mas o próprio Senhor Se colocou entre o abismo e eu, de forma a servir como minha grade de proteção permanente e inabalável, meu corrimão seguro.

Analise tudo isso muito bem, tire suas conclusões e faça sua decisão. Você ainda quer continuar se arriscando sozinho?


Forte Senhor, Poderoso Salvador, Luz e Guia das nossas almas, não fosse o Senhor, eu já teria sido tragada pelo abismo que ruge de fome pela minha alma. [Assim é o inferno!] Só o Senhor para me ajudar a vencer as lutas da vida e a conquistar lugares cada vez mais altos, mais perto do Senhor e mais distante da morte. Por favor, meu Senhor, ampara esta pessoa amada que lê nossa meditação e faz essa oração comigo. Alcança o seu coração com o Teu amor e convença-a que só o Senhor é suficientemente Bom para nos fazer chegar em segurança ao Lar Eterno. Confiando em Jesus e no Seu poder, faço essa oração no precioso Nome dEle. Amém.