terça-feira, 9 de agosto de 2011

A torrente de águas purificadoras

A Bíblia em um ano:
Salmos 77-78
Romanos 10




“E será que toda a criatura vivente que passar por onde quer que entrarem estes rios viverá; e haverá muitíssimo peixe, porque lá chegarão estas águas, e serão saudáveis, e viverá tudo por onde quer que entrar este rio.”
Ezequiel 47.9


Existem sujeiras que uma torneira aberta não pode limpar. Nem mesmo uma mangueira de jato forte. Tampouco um pano úmido.

A sujeira na alma do homem é assim. Os panos úmidos da religiosidade, as torneiras das riquezas do mundo, os fortes jatos das mangueiras que despejam outros deuses sobre o terreno ressequido do mundo, nada disso pode limpar o pecado impregnado nas profundezas da alma do homem. “Enganoso é o coração do homem, mais do que todas as coisas, e perverso. Quem o conhecerá?” (Jeremias 17.9)

Somente um rio, um grande e poderoso rio, pode limpá-lo. Somente a força de uma torrente de águas purificadoras vindas do próprio Deus pode lavar o coração do homem e curá-lo.

Esse rio existe, e flui abundantemente onde Deus está de fato. E ele é poderoso para transformar e restaurar qualquer criatura vivente.

A criatura vivente é a que vive. Curioso a Bíblia declarar que a criatura vivente viverá quando a ela chegarem as águas saudáveis dos rios de Deus (Ezequiel 47.8-9).

De fato, o homem só começa a viver quando encontra Deus, quando entrega sua vida nas mãos do Senhor, quando lava sua alma nas águas do Trono da Graça e do amor de Deus. Até então, ele apenas existe, como uma vida sem sentido, desiludida, que pode até financeiramente estar abastada, mas espiritualmente está vazia; que pode até estar cheia de amigos, mas vive solitária e grita de solidão em seu íntimo.

A boa nova é que este rio (ainda) não deixou de fluir. Passa pelo mundo e é acessível a todos os homens. “ ...Quem vier a Mim, Eu jamais rejeitarei.” (Palavras de Jesus, no Evangelho de João, 6.37 - NVI.)

Confissão, oração, Palavra de Deus, jejum, Igreja que segue a Bíblia.

Agora você sabe o caminho. Entre nessas águas! Comece a viver.