quinta-feira, 29 de setembro de 2011

...Porque Deus amou e pronto!

A Bíblia em um ano:
Isaías 7-8
Efésios 2



“Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu Seu Filho unigênito, para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”
João 3.16


Nós gostamos de conhecer os motivos pelos quais as coisas acontecem. A ciência que o diga! Dezenas de áreas inteiramente dedicadas a descobrir os porquês dos fatos.

Espiritualmente, contudo, as coisas não são e nem podem ser bem assim. A fé é um quesito básico e fundamental para se caminhar com Deus diariamente. E mesmo que não nos sejam dados a conhecer os motivos de Deus para permitir ou fazer isto ou aquilo, devemos arriscar e crer nEle e então, simplesmente, dar o passo seguinte.

Mas o maior bem que alguém já pôde alcançar, isto é, a salvação, não é um enigma. Deus nos revelou o Seu porquê com palavras bastante confortadoras: Jesus veio ao mundo porque Deus amou. Ele quis morrer por nós porque Deus amou. Ele quis viver em nós porque Deus amou. Ele quis dar uma esperança para o nosso futuro porque Deus amou. Ele nos agracia com amor, perdão, misericórdia, bondade, paz todos os instantes porque Deus amou.

E até hoje Ele nos dá uma nova chance para recomeçarmos simplesmente porque Deus amou e continua amando.

Se Deus não amasse, como todos nós vez ou outra fazemos, Ele também não Se importaria. Se Deus não amasse, Ele jamais investiria Seu precioso nome, Suas riquezas e Seu precioso tempo em gente como nós. Ele simplesmente nos daria as costas e ignoraria nosso sofrimento e nossas limitações.

Contudo, mesmo sabendo de todas as nossas imperfeições, Ele ama. E ama muito. E ama de verdade. Ora, se eu sei que alguém declaradamente me ama e demonstra isso com Suas atitudes – e com atitudes tão extravagantes como a vinda de Jesus para cá, Sua morte e ressurreição –, é óbvio que desejarei estar com esse alguém, principalmente se esse alguém faz tão bem à minha vida por inteiro.

Creio que você pense o mesmo.

Então, não duvide mais. Deus amou e fez tudo o que era necessário fazer para que voltássemos para Ele, para os Seus carinhosos braços paternos.

Mesmo que não entendamos os porquês desse amor, basta saber que o amor de Deus é o porquê que O levou a deixar toda a Sua glória, morrer em nosso lugar e, hoje, ainda insistir para mudar a minha e a sua vida, e ganhar nossos corações. Quem se importaria assim? Quem nos desejaria assim?

Verdadeiramente Deus ama. E para sermos felizes, tudo o que precisamos fazer é nos permitir ser amados por Ele. Por causa dessa rica misericórdia, temos um futuro promissor num lugar de descanso e gozo eterno amarrado ao de Jesus, em vez do futuro de condenação e desprezo que nós realmente merecíamos.