sábado, 15 de outubro de 2011

Louvai ao Senhor!

A Bíblia em um ano
Isaías 45-46
1Tessalonicenses 3



“Porém Tu és Santo, Tu que habitas entre os louvores de Israel. (...) Tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor. Louvai ao Senhor. ”
Salmos 22.3 e 150.6

O livro dos Salmos é mesmo espetacular!

Davi e os outros salmistas que o escreveram passaram 150 capítulos da Bíblia contando sobre suas frustrações, temores, crenças e lutas contra homens, contra potestades do mal, contra si mesmos. Mas em todos esses capítulos vemos a confiança em Deus sendo o principal recurso a que eles recorriam para saírem sempre (mais cedo ou mais tarde) vitoriosos. Falo do LOUVOR.

Fosse com os corações regozijantes ou sangrando, o prazer de seus lábios e suas almas era sempre o louvor a Deus.

Você já esteve em situações assim, onde seus olhos se desesperavam com o que viam mas seu espírito se prostrava diante de Deus e faziam com que, misturados às suas muitas lágrimas, subissem seus louvores a Deus? Parece uma tortura, não? Mas quem já viveu essa situação e louvou a Deus com sinceridade, sabe que isso é adoração. Um estilo de vida que exalta a Deus em qualquer situação que vivamos.

Um adorador verdadeiro não se esquece que Deus continua sendo Deus nos tempos difíceis da nossa vida.

É por isso que lemos todos os salmos da Bíblia notando uma fé sobrenatural que assinou a vida e o relacionamento com Deus de todos os vitoriosos narrados pelas Escrituras e também em todos os tempos da nossa história.

Deus fez questão de orientar aos organizadores do Cânon Sagrado para que o último verso dos Salmos fosse o qual lemos hoje: “Tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor.” É para nos lembrar que todos os capítulos da nossa história de vida devem se desenrolar mesclados com louvores ao Senhor dos Céus e da terra. Não podemos nos esquecer que, seja qual for a situação que vivamos, Ele continua sendo fiel, sendo Senhor e Rei. E se habita no meio dos louvores, a melhor maneira de trazê-Lo até nós, é abrindo nossas almas e louvá-Lo de todo coração.

É louvando que sempre O encontraremos.

Louvai ao Senhor!