sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Insista um pouco mais!

A Bíblia em um ano:
Zacarias 13-14
Apocalipse 21

By Elaine Cândida, com imagens do Google.


“E aconteceu que em Icônio [Paulo e Barnabé] entraram juntos na sinagoga dos judeus, e falaram de tal modo que creu uma grande multidão, não só de judeus mas de gregos. Ms os judeus incrédulos incitaram e irritaram, contra os irmãos, os ânimos dos gentios. Detiveram-se, pois, muito tempo, falando ousadamente acerca do Senhor, o qual dava testemunho à palavra da Sua graça, permitindo que por suas mãos se fizessem sinais e prodígios.”
Atos 14.1-3

Eu não sei quanto a você, mas de vez em quando, quando percebo tantas dificuldades se levantando para distrair os meus discípulos (e conseguindo), sinto um certo desânimo em continuar falando-lhes da Palavra de Deus. Parece que não querem saber de nada, que se convenceram que não precisam daquelas verdades, que não estão “nem aí” pra nada... que não querem mudar de vida!

Lendo os sete primeiros versos do capítulo 14 do livro dos Atos dos Apóstolos na Bíblia, o Senhor nos mostra novamente que está trabalhando onde nós não possemos ver. Por isso, como Paulo e Barnabé, devemos insistir.

Se aqueles homens tivessem desistido logo ao ver judeus incrédulos tentando desanimar os gentios que ouviam a palavra, certamente os apóstolos teriam ficado frustrados em não conseguir cumprir uma missão que lhes foi determinada por Deus. Mas como quem faz a obra é o Espírito Santo e não nós, aqueles dois homens se dispuseram a continuar, por muito tempo, falando ousadamente acerca do Senhor. E pela perseverança que tiveram em anunciar com fé a salvação em Cristo, Deus os honrou, dando testemunho à Palavra que pregavam sobre a Graça e permitindo que sinais e prodígios fossem realizados por eles.

A multidão foi dividida. Esse foi o efeito da insistência daqueles dois homens. Muitas pessoas entenderam o recado. Outras tantas continuaram dando mais ouvidos aos judeus incrédulos que aos santos de Deus. É como a própria Bíblia nos lembra: “Nem todos têm obedecido ao evangelho; pois Isaías diz: Senhor, quem creu na nossa pregação? De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. Mas digo: Porventura não ouviram? Sim, por certo, pois Por toda a terra saiu a voz deles,E as suas palavras até aos confins do mundo. (...) Mas para Israel diz:Todo o dia estendi as minhas mãos a um povo rebelde e contradizente.” (Romanos 10.16-18,21)

Mas houve quem se decidiu a enfrentar a inimizade dos que queriam continuar sem a graça. Houve quem optou por receber a mensagem dos Apóstolos e olhar com mais atenção para Jesus pela fé. A sementinha foi plantada pela Palavra pregada. Deve ser regada com paciência de amor a cada dia. Mas quem dá o crescimento é Deus. Não sou eu nem você.

Se Paulo e Barnabé tivessem desistido, deixado seus ombros se curvarem, baixado a cabeça e voltado para o lugar de onde vieram, certamente nenhuma daquelas pessoas haveria de receber Jesus como Senhor e Salvador. Certamente Deus não os honraria permitindo-lhes realizar sinais e prodígios em Seu nome. Certamente Deus seria censurado entre aquele povo.

É melhor insistir. É melhor continuar e confiar que o Senhor está sondando os corações e contemplando nosso empenho. É melhor acreditar que Ele não nos deixará frustrados diante dos nossos esforços. O mesmo Paulo nos lembra como Ele precisou se esforçar diante de tantos para ganhar alguns deles: “Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns.” (1Coríntios 9.22). E como vale mais uma alma salva que o mundo inteiro perdido, melhor é não desistir de cuidar espiritualmente das vidas, por mais que elas pareçam não querer esses cuidados.

“Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.” (1Coríntios 15.58)