terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

O pior erro da vida

A Bíblia em um ano:
Números 29-32


“Então Pilatos mandou açoitar Jesus. Os soldados teceram uma coroa de espinhos e a puseram na cabeça dEle. Vestiram-No com uma capa de púrpura, e, chegando-se a Ele, diziam: ‘Salve, rei dos judeus!’. E batiam-Lhe no rosto.”
João 19.1-3

É impressionante como um pouquinho de poder pode alterar todo o caráter de uma pessoa!

Aqueles soldados foram ordenados por Pilatos a açoitar Jesus, não a escarnecer dEle (João 19.1). Mas lemos em seguida que “os soldados teceram uma coroa de espinhos e a puseram na cabeça dEle. Vestiram-No com uma capa de púrpura, e, chegando-se a Ele, diziam: ‘Salve, rei dos judeus!’. E batiam-Lhe no rosto” (João 19.2-3).

Aqueles “homens da lei” tiveram a oportunidade de amar e serem salvos por Jesus, mas escolheram não só espancá-Lo como ainda menosprezá-Lo, desacatá-Lo, zombar dEle. Incalculável contraste com a atitude do ladrão da cruz que, mesmo sendo considerado entre os homens um “fora da lei” – tão perverso e digno de morte que chegou a merecer a vergonha da cruz – mas por seu arrependimento e confissão foi encontrado por Deus em melhor estado que todos que ali estavam, tanto que recebeu salvação antes de todos eles (Lucas 23.40-43).

Bem disse o sábio que a humildade precede a honra (Provérbios 18.12). O humilde é exaltado por Deus e dEle recebe maior graça, enquanto soberbos são, ao seu tempo, envergonhados pelo Senhor (Tiago 4.6).

Portanto, se hoje o Eterno te conceder uma honra diante dos homens, por maior ou menor que seja, não se engrandeça perante eles nem se adiante em diminuir ninguém ao seu redor. Lembre-se que todos são imagem e semelhança do Criador e, agindo altivamente, você estará agredindo a própria santidade de Deus, a exemplo do que aqueles soldados fizeram com Jesus.

Tenha sempre em mente que o ladrão que deu honra a Cristo, recebeu do Senhor o louvor e a salvação eterna. Porém, os soldados que fizeram por onde agradar mais aos homens do que a Deus, somente foram citados na história como exemplos de gente que cometeu o pior erro que alguém pode cometer: rejeitar Jesus.