sexta-feira, 2 de março de 2012

O resultado da Semente

A Bíblia em um ano:
Josué 9-12



"Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei."
Gálatas 5.22-23

Um fruto é o produto de uma semente que foi plantada e cuidada com muito zelo, defendida das pragas, e limpa e podada sempre que necessário.

Na parábola do semeador, Jesus nos fala sobre as sementes que caíram em boa terra e produziram muitos frutos, uns a trinta, outros a sessenta, e outros a cem por um (Marcos 4.20).

A semente – que é a Palavra de Deus (Marcos 4.14)– é o que nos faz produzir frutos para o Reino e o fruto do Espírito Santo, que “é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio” (Gálatas 5.22-23).

O Deus que dá o crescimento (1Coríntios 3.6) também é o Cristo que pulveriza Seu precioso Sangue para nos proteger contra os ataques das pragas malignas que sempre tentam nos destruir.

E é Ele quem nos rega, limpa e poda, sempre que necessário, tirando os excessos, cortando os galhos contaminados pelo pecado. E por vezes remexe a terra do nosso coração, muitas vezes enrijecida pelas decepções da vida.

Quando a Palavra de Deus nos preenche, nos tornamos nova criatura, nova planta a frutificar muito. A presença do Espírito Santo torna-se um fato inquestionável, e a mudança em nosso caráter (produção do fruto do Espírito) é inevitável.

"Senhor, cuida das nossas vidas como as plantas mais queridas do Teu jardim. Essa súplica fazemos porque sem Tua intervenção em nossas vidas e em nossa maneira de ser não temos como ser salvos ou felizes. Não somos completos sem Ti. Na verdade, nada somos sem Ti. Por isso, complete a Tua boa obra em nós e nos ajude a produzir o fruto do Espírito Santo, provando ao mundo nosso novo caráter e contagiando milhares de milhares a seguirem o caminho de Cristo também. É no nome dEle que oramos. Amém."