quarta-feira, 25 de abril de 2012

Porquanto me respondes...


A Bíblia em um ano:
2Crônicas 7-9

PORQUANTO ME RESPONDES...


“No dia da minha angústia, clamarei a Ti, porquanto me respondes.”
Salmos 86.7


Confiar em Deus. Mas confiar hoje!

Fundamentar nossa fé para o dia em que precisarmos nos aproximar ainda mais intimamente do Senhor. Manter uma prática de relacionamento constantemente íntimo e sincero com Deus porque Ele é o Ser mais agradável e maravilhoso que há, e para que Sua presença não nos falte em nenhum momento de nossas vidas.

Precisamos estar preparados para ignorar todo o nosso sentimento de orgulho e altivez, a fim de nos prostrarmos diante do Senhor nos dias de angústia e reconhecer nossa necessidade maior: a presença de um Deus que seja vivo e que possa nos responder.

Os servos de Deus têm essa maravilhosa possibilidade de serem ouvidos quando clamarem. Eles não se prostram diante de imagens que não podem ouvir nem se mover. Também não invocam o nome de uma pessoa que morreu e que, se sabe diante da Bíblia, nunca ressuscitou. Os filhos de Deus clamam a um Deus que é vivo, que venceu a morte, que está presente em todos os lugares e ao mesmo tempo. Nosso Deus não é matéria, mas Espírito (João 4.23-24). E é atuante, atento, disponível e interessado em nos abençoar.

Os filhos de Deus confiam em Deus hoje, mantêm diálogo com Ele hoje, e vivem a vontade de seu Deus, hoje! Porque sabem que, sempre que precisarem, poderão buscar o Senhor que ouve, que entende, que responde, seja em momentos de alegria ou em dias de angústia.

Eles recebem de Deus uma resposta sempre... e se esperam sempre confiantes no Senhor, é porque comprovaram, na prática, que verdadeiramente “entre os deuses não há semelhante ao Senhor, nem há obras como as dEle.” (Salmo 86.8)

O nosso Deus é vivo e nos ouve... que maravilhosa verdade!