terça-feira, 29 de maio de 2012

Quanto aos ímpios...


A Bíblia em um ano:
Salmos 1-8


“Um pouco de tempo, e os ímpios não mais existirão; por mais que você os procure, não serão encontrados. Mas os humildes receberão a terra por herança.”
Salmos 37.10-11


A promessa pra os ímpios existe. Se eles permanecerem nos seus pecados, serão exterminados vergonhosamente de diante de Deus, o Deus que lhes criou puros e que tem assistido sua corrupção até então.

Muitas vezes, nós vemos pessoas más se dando bem na vida, sendo projetadas cada vez mais para o alto, e até pensamos que Deus é injusto por não permitir que o mesmo ocorra tão rapidamente com os justos.

Mas devemos nos lembrar: Deus dá oportunidades a todos nós, sem distinção (Mateus 5.45). Ele é Bom e misericordioso, e “deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao conhecimento da verdade” (1Timóteo 2.4).

Além disso, muitos ímpios estão largamente iludidos com suas riquezas e poder, com seu status e influências, pensando que tudo isso vem de Deus e que tudo isso está perfeitamente aprovado pelo Senhor. Mas nem tudo o que parece vir de Deus, de fato vem de Deus (2Timóteo 3.1-5; Gálatas 1.8-9; Mateus 7.21-23), e nem toda riqueza dada ao homem de fato vem do Senhor (Mateus 4.8-9).

Existe, porém, uma promessa para os justos, para os santos, para os humildes, para os puros de coração: eles receberão a terra por herança, a vitória do Senhor, a eternidade de delícias e glórias. Eles verão a Deus (Mateus 5.5,8).

Contudo, os verbos indicam o futuro, indicam o que ainda virá, diferente do ímpio, que até pode receber glória e riquezas  neste mundo agora.

Acontece que, enquanto ímpios estão se esbaldando no que é passageiro, os justos estão sendo preparados para o que é eterno. Enquanto pecadores sem Deus se ocupam com tudo o que satisfaz sua carne e enche seus egos, pecadores redimidos estão buscando as coisas do alto, que transformam suas almas para habitar o Céu.

Ainda que os justos não recebam nada daqui – e mesmo se vierem a receber – seu lugar à mesa do Rei está preparado. Quanto aos ímpios...


Felicidade é ter Cristo - Trio Alexandre