segunda-feira, 28 de maio de 2012

O Senhor, teu Deus...


A Bíblia em um ano:
Jó 39-42


“(...) Não tentarás o Senhor, teu Deus. (...) Ao Senhor, teu Deus, adorarás e só a Ele servirás.”
Mateus 4.7b, 10b


A grandeza sublime de Deus Jeová, o Todo-Poderoso, se revela nas mínimas coisas... ou nas menores palavras.

Os dois trechos citados acima são as respostas que Jesus deu a Satanás no deserto, quando este propôs a Jesus Se lançar do pináculo do templo pra ser acolhido pelos anjos e Se prostrar para adorar ao diabo, respectivamente. E mesmo sendo o diabo um desviado e desmerecedor de toda e qualquer dádiva divina, Jesus ousou dizer a ele: “teu Deus” (expressão usada somente pelos servos de Deus, com uma grande honra).

Se Jesus tivesse usado a expressão “meu Deus”, Ele estaria excluindo o maligno de se sujeitar ao poderio e ao domínio do Senhor. Mas, corretíssimo em Suas palavras, usando a expressão “teu Deus”, Jesus provou com naturalidade (e repetiu essa fala duas vezes, para que o diabo entendesse e não se esquecesse mais!) que nem mesmo Satã deixou de estar subordinado a Deus,  isto é, Jeová é Deus e Senhor de tudo e de todos que há, inclusive do próprio diabo.

Ora, se você vive em comunhão com esse Deus, por quê temer a afronta do mal, então? Regozijai, pois! Agora você sabe que não existe nada nem ninguém mesmo que tenha fugido do domínio do Senhor... Por isso, ninguém (nem mesmo o diabo) poderá derrotar quem é guardado e amado por esse Deus! Que maravilha!!!


"Não há Deus como o nosso Deus! Aleluia!!! Ele é Senhor de tudo. E reina absoluto e entronizado nas alturas. Curvem-se diante dEle todos os seres (inclusive e principalmente o diabo)! A Ele seja a glória para todo o sempre! Amém"