quinta-feira, 7 de junho de 2012

Calçando a escada do triunfo


A Bíblia em um ano:
Salmos 40-42


"E, tomando os sete pães e os peixes e dando graças, partiu-os e deu-os aos Seus discípulos, e os discípulos, à multidão. E todos comeram e se saciaram, e levantaram, do que sobejou, sete cestos cheios de pedaços. Ora, os que tinham comido eram quatro mil homens, além de mulheres e crianças."
Mateus 15.36-38

Aquela multidão estava com Jesus recebendo a cura física, o alimento espiritual pela pregação da Palavra e, como Jesus não deixa nada por fazer, o alimento para o corpo. De sorte que a bondade do Senhor se manifesta em todas as áreas das nossas vidas.

Certamente aquelas pessoas não esperavam comer antes de deixarem Jesus. Mas o Senhor sempre surpreende e, do quase nada, fez aparecer peixe e pão, fornecidos em quantidade suficiente para todos os presentes se fartarem e ainda sobejar.

Há um tempo em nossas vidas em que o Senhor nos farta da Sua presença e trata profundamente o nosso espiritual, racionalizando as bênçãos materiais, e isso é uma ordem inversa ao que nós propomos ao Senhor. Nossa tendência é sempre querer o material primeiro, e depois – e se der – o espiritual.

Ainda bem que o Senhor não trabalha pela nossa lógica! Se Jesus tivesse dado primeiro o alimento ao povo – um povo escravizado e acostumado à escassez, certamente a maioria teria ido embora antes de receber o espiritual do Senhor. E se Ele nos der tudo o que pedimos, certamente muitos de nós deixarão de viver sob a dependência do Senhor e de abrir nossos corações a Ele trabalhar e nos transformar em filhos mais parecidos com Ele.

Portanto, se a vida tem privado você de muitas coisas que você gostaria de ter, não se desespere para com Deus. Ele sabe exatamente quais são as prioridades em relação a você. E no momento certo fará, desse quase nada, muitas coisas lindas acontecerem.

Receba o que Ele te enviar agora e guarde tudo com muito carinho, bem no fundo do seu coração. Pois tudo isso está calçando a escada do triunfo em que você um dia subirá.


"Pai, nem sempre nós entendemos o que o Senhor está fazendo e por que nos permite passar por tantas privações e esperas. Mas adoramos ao Senhor porque sabemos que o Senhor tem total controle de tudo e excelentes motivos para dirigir nossas vidas assim. E nos firmamos na esperança que o Senhor brevemente Se levantará em nosso favor e mudará situações que hoje nos deixam em lugares tão apertados. Oramos e cremos no nome de Jesus Cristo, nossa vitória aqui e eternamente. Amém."