sábado, 16 de junho de 2012

O Entendedor dos nossos conflitos


A Bíblia em um ano:
Salmos 63-68

By Elaine Cândida, com imagens do Google.


“Os sábios serão envergonhados, ficarão amedrontados e serão pegos na armadilha. Visto que rejeitaram a palavra do Senhor, que sabedoria é essa que eles têm?”
Jeremias 8.9

De repente, a coluna da direita do blog foi parar embaixo da coluna da esquerda, isto é, da coluna das mensagens. Tentei arrumar isso de todas as formas que eu conhecia, e nada deu certo. (Com o desfecho dessa história, conclui que, embora pensasse que soubesse muito, (outra vez) vi que não sabia nada!)

Li uma porção de orientações de sites amadores e fóruns em busca de uma solução, mas só perdi meu tempo. Até que apelei: Troquei o template (o visual estético do blog). Pensei que fosse algum conflito na configuração do template antigo. Mas o problema da coluna fujona persistiu.

Tentei, então, voltar ao mesmo template anterior – um esverdeado, que tinha no topo a imagem de uma escada de pedras, formando um caminho pretensiosamente despontando para Jesus. Mas o Blogger rejeitou o template antigo e, pelas falhas acusadas no salvamento das informações, foi impossível retornar ao layout do blog que tínhamos.

E agora? O que vai acontecer? Essa coluna ficará aí, embaixo das mensagens? E os visitantes?... Será que terei de tirar o blog do ar?” (Preocupada.)

Por que será que tudo estava funcionando bem e, de repente, estragou assim?” (Irritada.)

E agora? E agora? ...Eu não sei arrumar isso!” (Com lágrimas nos olhos.)

Só pode ser o maligno, que saiu lá do inferno para atazanar nas minhas coisas. Não tem outra explicação!” (Furiosa.)

Que droga! Esse povo nunca faz nada direito para oferecer de graça às pessoas. Só oferecem os restos, que ficam dando problema o tempo inteiro. Se a gente quiser ter alguma coisa que presta, tem de pagar... e caro!...” (Chorando.)

!” (...)

E depois de ter de usar um template do próprio Blogger, trabalhei sobre a imagem da ponte que agora temos no topo do blog. Eu nem mesmo me lembrava que a tinha guardado em minhas pastas de imagens (encontrei numa das minhas garimpadas pela Internet), mas (por uma “cristociência”, em vez de coincidência) abri apenas algumas imagens e logo me deparei com esta. E concluí: “Sem dúvidas será esta! Já que eu tenho de montar outro layout para o blog, mesmo...”

Terminei tudo e, para não largar o bendito blog de uma vez – porque o problema da coluna continuava exatamente do mesmo jeito – eu fiz de conta que estava tudo bem. Calmamente me concentrei na edição da imagem até concluir meu trabalho e fizer todas as modificações que achei que cabiam.

Uma mão no mouse e outra apoiando o rosto. Suspiro.

Desloco a mão do mouse para o lado... Dedos tamborilando sobre a mesa. Olhos percorrendo toda a estante da escrivaninha à minha frente, enquanto minha mente procurava um jeito de voltar a coluna da direita para o seu devido lugar.

“Eureca! Vou buscar a ajuda de um site profissional.”

Expus meu problema na barra de buscas do Google e... Zás! Lá estava um site profissional que ditava sobre as várias causas possíveis para este problema de coluna teimosa que muda de lugar sem a gente mandar.

Ditava as causas dos problemas e dava orientações sobre eles como poderiam ser resolvidos. Todas as possibilidades anteriores eu já tinha tentado, mas à última orientação, não. E foi com ela que consegui: A coluna rebelde voltou para o lugar, assim que eu diminuí a imagem de uma das publicações. Ela estava um pouco maior do que o espaço que era reservado para ela...

Coisas assim deixam a gente envergonhada.

Não precisava a raiva, o choro, o resmungado. Precisava apenas parar, se acalmar, pensar. Precisava apenas orar: “Senhor, mostra o que está errado, porque eu não sei do que se trata e nem sei resolver isso.”

E Ele mostrou, quando deu a ideia de procurar ajuda num site profissional, não em fóruns.

Ele sempre mostra. Basta pararmos, nos acalmarmos, pensarmos e orarmos ao Senhor, certos que teremos uma direção. Algumas pessoas não obtêm a direção que precisam, embora orem, porque oram e não param. Oram em meio às suas agitações, aos conflitos e inquietudes das suas almas, e continuam correndo em busca de uma solução como se não confiassem no Senhor para lhes mostrar uma saída. E o pior: buscam soluções com amadores, com gente que pensa saber mais que Deus – ou que nem querem saber de Deus.

Só o Senhor Deus é o entendedor de todo assunto que possa assolar nossas vidas e causar-nos grandes conflitos. Não existe resposta que o Bondoso Senhor não possa nos dar. Mas muitas vezes Ele não no-las dá porque sabe que não convém, ou que não estamos preparados para recebê-las. Contudo, Ele espera que confiemos Nele mesmo assim, que esperemos por Ele mesmo assim, e que façamos tudo o que Ele nos orientar. Foi por agirem assim que os servos da festa das bodas em Caná viram água ser feita em vinho (João 2.1-11).

E tão misericordioso é o Senhor, que mesmo depois de toda aquela raiva e histeria (porque esse trabalho de evangelismo virtual realmente é muito importante pra mim!), o Senhor lindamente me ajudou a compor um template novinho e ainda mais expressivo que o primeiro. Cada imagem e cor utilizadas têm um significado espiritual (enquanto me acalmei, o Pai me ajudou a pensar nisso também).

Parece ridículo, mas é assim mesmo. Até com um template estragado o Senhor nos ensina coisas tão grandes e importantes. E Deus nos ensina com coisas simples assim porque nós não temos condições de compreender a dinâmica dos corpos celestes nem como do nada se fez a vida, por exemplo. Coisas extraordinárias assim somente são da alçada de um Deus capaz de criá-las e mantê-las.

E se nós verdadeiramente cremos que esse Deus Criador é o Deus que nos ama e nos dá todo o suporte que precisamos para nossa pequena – mas complicada vida – certamente nossos dias serão bem menos fadigados e nossos futuros cada vez mais brilhantes.