sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Obstinação

A Bíblia em um ano:
Mateus 22-25


Imagem: Google.

"Existem momentos na vida onde a questão de saber
se se pode pensar diferente do que se pensa,
e perceber diferentemente do que se vê,
é indispensável para continuar a olhar e refletir.
"

(Michel Foucalt)

“[...] Mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus.”
Filipenses 3.13-14


É tão fácil trocarmos o abraço terno e eterno do Senhor pelos abraços curtos e fingidos de algumas pessoas que conhecemos na caminhada...

É tão frequente esquecermos as demonstrações claras e extravagantes do amor verdadeiro de Deus por nós, quando surgem em nossas vidas pessoas nos encantando com discursos apenas...

É tão comum esperarmos mais do que as pessoas podem nos oferecer, e desacreditarmos do que o Criador do Universo é capaz de realizar...

É tão comum nos interessarmos tanto por quem nos evita, e inevitavelmente nos afastarmos de Deus, a única pessoa que verdadeiramente nos ama e deseja estar conosco a cada instante, independente do que temos ou de como somos...

É tão frequente chorarmos a perda de coisas e a ausência de pessoas queridas, e desprezarmos a presença Daquele que mais nos quer  e quer bem  neste mundo...

É tão habitual essa nossa insistência em sofrer por quem não quer saber de nós, ou por aquilo que nada pode por nós, em detrimento do nosso reconhecimento e admiração por Aquele que sofreu as piores dores que podiam ser somente por nossa causa...

É tão fácil deixarmos os erros, os medos, as dores nos aprisionarem no passado e sacrificarem nosso presente, indicando circunstâncias totalmente contrárias àquelas de perdão, força e graça que o Senhor garantiu que seriam, se Ele estivesse conosco. E Ele está...

É tão comum suspirarmos repetidas vezes por lembranças de passados que não voltará, e encobrirmos com nossas tristezas e divagações o futuro de êxitos que o Senhor já nos apontou...

É tão comum insistirmos em andar por vias que nos fazem infelizes, quando Deus nos oferece Sua Paz e Sua glória...

Recorre, incontáveis vezes em nós, a vontade de desistir, mesmo enquanto vemos Deus nos estendendo Sua mão e nos convidando a recomeçarmos outra vez...