quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

...E se o mundo acabar amanhã?


A Bíblia em um ano:
1Pedro 1-2

Eu, por eu mesma... (Julho de 2012)

 

Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir.
Mateus 25.13

Se o mundo acabasse amanhã, seria muito legal.

Os salvos iam finalmente morar no Céu. (Tenho me esforçado muito para ser um deles...)

Lá no Céu, eu não teria mais de lutar contra a balança. Teria também uma veste nova e sem costura no meu tamanho, sem a necessidade de eu bater pernas atrás de uma loja para GGs. Todo mundo ali teria um teto para morar e refeições fartas à mesa do Rei. Ninguém estaria abandonado. E lá também não haveria apagões, porque o Senhor mesmo é a luz que ilumina aquele lugar (Apocalipse 21).

Bem, aqui na terra também teríamos grandes vantagens.

Não haveria mais fome no planeta, até porque tecnicamente não haveria mais planeta formado. Também não haveria mais assassinato, porque todos que não foram salvos ficaram na terra e foram mortos com o fim do mundo. Não nasceriam crianças para serem jogadas nas latas de lixo (na verdade, não nasceria mais ninguém), e finalmente terminaria a nossa guerra contra as drogas.

Porém, o mundo não vai acabar amanhã.

Segundo a Bíblia – que não foi escrita por um povo tão inteligente como os maias, mas foi inspirada por Deus, que deu vida e inteligência para os maias –, haverá primeiro o arrebatamento da Igreja. (Como nós não fomos arrebatados até agora, fique tranquilo. Mas se formos arrebatados até amanhã de manhã, comece a se preocupar e a fazer contagem regressiva, pois então começará o período do fim, como Jesus falou.)

Depois que acontecer o arrebatamento, haverá o período de sete anos da grande tribulação (Mateus 24.29). Após este, será estabelecido o Milênio previsto em Apocalipse 20.1-10. Somente depois desse período em que a Igreja reinará por mil anos é que chegará o fim do mundo. Portanto, se o Senhor nos arrebatasse hoje, quem ficar por aqui ainda teria uns 1.007 anos para se arrepender e entregar sua vida a Jesus, para que possam ser salvas quando, finalmente, ocorrer o fim do mundo.

É certo que alguns sinais preditos por Cristo (leia Mateus 24) estão se cumprindo, apontando para esses acontecimentos, e nós não devemos fazer pouco caso (Mateus 25.13). Devemos vigiar e nos preparar, mesmo porque para muitas pessoas o mundo acabará ainda hoje. Neste exato momento já está se findando para alguns que estão deixando esta vida. Uns, com Cristo. Outros, sem Ele. E para sempre.

Então, não vamos dar tanto crédito às fábulas (2Timóteo 4.3-4). Vamos nos esforçar para estarmos prontos para quando o Senhor nos chamar à Sua presença, seja pela morte, seja pelo arrebatamento. Vamos viver cada dia como se fosse o último. E assim, quando chegar o fim, para nós, na verdade, será o começo da melhor parte.