sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Apenas brilhe...

By Elaine Cândida, com imagem do Google.


“Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, 
fazei tudo para glória de Deus.”
1Coríntios 10.31


Hoje, você está recebendo mais uma oportunidade de brilhar.
Então, brilhe...

Deixe irradiar de você toda a luz que, aos poucos, foi produzida por meio da sua dedicação, da sua força de vontade, da sua autodisciplina, do seu empenho em fazer o que é certo – força indescritível que trouxe você até aqui. Os seus feixes são encantadores, incontáveis e multicores, provas vivas da dimensão humana e da grandeza divina que há dentro de ti.

Que sua luz se precipite sobre quem passar pelo seu caminho hoje, como a noiva que se lança nos braços do seu amado, como as ondas em busca de outro beijo envolvente das areias da praia. Ou, simplesmente, como os raios do sol, precipitando-se incansáveis para todas as direções, rumo ao infinito.

Quem avaliar a obra da tua vida hoje, terá de você a melhor impressão, porque estará examinando um exímio campeão. Não um que traz orgulhosamente uma coleção de medalhas metálicas penduradas sobre o peito, mas um que aprendeu humildemente vencer os obstáculos da vida praticando o bem, mesmo quando esta lhe recompensou com tristezas, dissabores, dores profundas...

Quando seus olhos se voltaram para Cristo Jesus e viram Nele o fundamento de todas as coisas e fenômenos em sua vida, e quando seu coração escolheu amá-Lo sinceramente mesmo que distante, os primeiros raios do Sol da Justiça começaram a brilhar dentro de você. E agora é sua vez de expô-los, de exibi-los novamente, mostrando ao mundo sua grandeza e o que Deus tem feito de e em você.

Hoje, um novo desafio te coloca outra vez sobre mais uma tribuna da vida. É sua vez de apresentar como você tem sido útil para este mundo. Portanto, discurse com veemência, aja com prudência, brilhe com intensidade, e conquiste. Existe vigor emanando da sua alma, existe verdade fluindo das suas palavras, e o mundo verdadeiramente precisa disso.

Mas se essa prova parecer rigorosa demais para você, pare por um instante breve, feche os olhos suavemente, suspire profundamente, e escute o seu coração. Das profundezas do coração é que ecoa a voz da sabedoria.

Então, abra os olhos calmamente, e serena e confiantemente retorne ao seu lugar, retome a sua fala, encante novamente e brilhe mais uma vez.

Pois hoje é um dia especial. Você está aqui, resplandecendo e iluminando outros caminhos, outros passantes, mesmo que você não perceba, e mesmo que não compreenda.

Por isso, brilhe.
Apenas brilhe...
Brilhe fazendo o seu melhor.
Brilhe fazendo o que você é capaz.
Brilhe sabendo que você é capaz de se superar sempre.
E de brilhar sempre, como se fosse a última vez...

Os céus reverenciam, e a terra sente orgulho...