domingo, 3 de março de 2013

Incansavelmente Deus...



Imagem: Google.


“Será que vocês não sabem?
Será que nunca ouviram falar disso?
O Senhor é o Deus Eterno,
Ele criou o mundo inteiro.
Ele não Se cansa, não fica fatigado;
ninguém pode medir a Sua sabedoria.
Aos cansados, Ele dá novas forças e enche de energia os fracos.
Até os jovens se cansam, e os moços tropeçam e caem;
mas os que confiam no Senhor recebem sempre novas forças.
Voam nas alturas como águias, correm e não perdem as forças,
andam e não se cansam.”
Isaías 40.28-31

Embora essa nossa passagem pela vida neste mundo seja do tamanho de um grãozinho de areia na imensa praia da eternidade a que pertencemos, trata-se de um período de conturbação, de grandes e dolorosas aprendizagens, de perdas e ganhos, de muita agitação e intensos e constantes combates, enfim.

E por isso, tantas vezes nós nos cansamos de pensar, de buscar uma solução. E nos cansamos de encontrar basicamente as mesmas respostas, pouca variação, pouco dinamismo... Visão e respostas limitadas.

Deus não. Sua sabedoria permanece intensa, criadora, criativa, genial. Ele sempre tem um jeito inovador de responder, de intervir, de resolver.

Nós nos cansamos de nossos pecados. As culpas pesam sobre nossos ombros, de modo quase insuportável, muitas vezes.

Mas Deus não. Para Ele, as culpas têm o peso de uma folha seca ao vento, especialmente quando nossos corações as rejeitam e depositam aos pés da cruz de Cristo.

Nós nos cansamos de nós mesmos. Somos complicados demais, falhos demais, a ponto de nossa paciência rapidamente ser esgotada diante das nossas limitações, fraquezas e imperfeições.

Deus, porém, não Se cansa de nós. Ele continua nos amando quando a lista dos nossos pecados aumenta, e continua insistindo em restaurar nossa sorte, mesmo quando nós já a temos por encerrada.

Nós desistimos de amar, e Deus não Se cansa de nos ensinar sobre Seu eterno amor que sustenta o mundo e se manifesta multiforme.

Nós nos cansamos de servir e queremos conforto, mas Deus não Se cansa de nos chamar para sermos úteis e assinarmos o mundo com a nossa existência útil.

Nós nos cansamos com frequência. Olhamos para a estrada à frente já sem forças para prosseguir. Mas o Senhor não Se cansa de ser a força em constante propulsão que nos convence e motiva a continuarmos nossa caminhada.

Nós nos cansamos de esperar, nos cansamos de buscar pela alegria do Senhor. Mas ao contrário, Deus não Se cansa de trabalhar para que Sua alegria plena seja o desfecho da nossa espera.

Nós nos cansamos.
Deus não.
E se não fosse assim, há muito teríamos sucumbido.

É na chegada ao nosso destino que nos encontramos com a satisfação de receber a recompensa por todos os esforços e renúncias da caminhada. E é por isso que Deus não Se cansa de nos cercar de cuidados a todo instante, para que o nosso cansaço não nos impeça de concluirmos essa trajetória.