sábado, 8 de junho de 2013

Conselho à minha alma

Imagem: Google.


“Por que estás abatida, ó minha alma?
E por que te perturbas dentro de mim?
Espera em Deus, pois ainda O louvarei,
o qual é a salvação da minha face e Deus meu.”
Salmos 43.5


Por que duvidas do potencial que o Eterno te garante ao habitar dentro de ti, oh minha alma, mesmo sabendo quão grande é o teu Senhor? E por que permaneces tão pequena e subjugada se é o Altíssimo quem te move e que Se move em ti?

Por que lamentas as situações em que vives, mesmo sabendo que Deus é tão justo? E por que tua fé estremece em olhar para o futuro que nem ao menos consegues enxergar, sendo tu propagadora da certeza que o Senhor é Deus Eterno e escreve tua história com Sua própria mão?

Por que acreditas que as lutas te sucumbirão, em vez de acreditar naquilo que desde criança sabes, que ao Eterno Senhor Deus e Rei é que pertencem todas as coisas e nós também? E por que duvidas das Suas promessas, se conheces desde sempre e já experimentaste tantas vezes a fidelidade imutável do teu Senhor?

Por que, pergunto-te ousadamente, não obedeces às Suas Palavras, se o teu Deus é Deus tão bom e verdadeiro? E por que custa-te tanto esperar que a Sua vontade Se cumpra para ti no tempo devido, se Ele é Deus perfeito em majestade e glória?

Por que tanta dor em teu peito, oh minha alma, quando diante do teu Senhor até a tristeza dança de alegria? E por que tanta tristeza em teu olhar, se ao olhar para ti é possível perceber de pronto a presença e o cuidado do Senhor?

Por que te afastas ao errar, se sabes tão intimamente quão intenso é o amor de Deus por ti e a Sua prontidão em perdoar e exercer misericórdia? E por que te calas, envergonhada, oh minha alma, sendo que já provaste pelo teu canto que Deus Se faz presente e tem prazer em receber teu louvor sincero?

Por que andas tão cansada e desanimada com a vida, mesmo sabendo que a mão do Todo Poderoso é que te sustenta em pé? E por que pensas em parar em tão curto caminho que falta, mesmo olhando para a longa estrada que Ele, pessoalmente, já trilhou por você?

Espera em Deus e segue adorando, oh minha alma, pois Sua salvação já está chegando. Não passa desapercebido diante dos Seus olhos nenhum dos teus momentos.

E enquanto teus dias morosos prosseguem, estás aprendendo, crescendo e desbravando caminhos que conduzirão muitas vidas ao Senhor pelas pegadas dos teus exemplos.