sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Testemunhos de quem ora


“Vinde, e ouvi, todos os que temeis a Deus, e eu contarei o que Ele tem feito à minha alma.  A Ele clamei com a minha boca, e Ele foi exaltado pela minha língua. Se eu atender à iniquidade no meu oração, o Senhor não me ouvirá; Mas, na verdade, Deus me ouviu; atendeu à voz da minha oração. Bendito seja Deus, que não rejeitou a minha oração,  nem desviou de mim a Sua misericórdia.” (Salmos 66:16-20 – ACRF)


O testemunho do salmista traz refrigério para o coração ansioso, que aguarda de Deus respostas para suas orações. Suas palavras nos recordam que o Deus que está acima de todos os deuses não rejeita nossas orações, nem afasta de nós o Seu amor.

Começar o ano bebendo da fonte dos bons testemunhos de quem viveu experiências importantes com Deus, é sempre um modo seguro de renovar nossas esperanças. Por isso, não deixe de contar ao mundo quem Deus é e o que Ele tem feito por você, pois por mais simples que as bênçãos do Senhor pareçam ser sobre sua vida, elas podem mudar o mundo de alguém.

Além disso, o bom testemunho também serve de conselho. Neste caso, nos induz à certeza que orar é uma atitude sábia e extremamente necessária na vida de todo e qualquer cristão. A oração é um caminho quase instantâneo que nos leva diretamente para dentro da Sala do Trono, onde o Deus Eterno habita. Não é necessário agendar um horário para estar com Ele. Nem mesmo é preciso enfrentar filas para isso. O Deus que é Rei sobre reis e Senhor sobre senhores não está num lugar específico para aonde devemos nos dirigir. Apenas dirigir nossos pensamentos e corações a Ele, com sinceridade, é suficiente para nos colocar na presença do Criador de todo o universo.

Daí é que vem a liberdade contida no conselho de outro grande servo do Senhor, o autor da carta aos Hebreus, que nos orienta: “Cheguemos, pois, com confiança ao Trono da Graça, para que possamos encontrar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno” (Hebreus 4.16). O apóstolo Paulo também nos convida a orarmos sem cessar (1Tessalonicenses 5.17).

Na verdade, esses personagens incríveis da Bíblia foram motivados pelas orações e, por isso, puderam compartilhar conosco muitas das experiências maravilhosas que tiveram com Deus. Eles foram preparados por meio de uma intimidade santa com o Senhor para vencerem o mundo. A entrega das Suas vidas aos cuidados do Pai de toda glória os habilitou a nos darem excelentes conselhos e importantes lições.

Comecemos, pois, este ano, nos inspirando nas pessoas que fazem escolhas certas, e que fazem isso sempre por meio das orações dirigidas ao Deus Vivo. Porque ninguém é tão feliz e sábio como quem tem o Senhor, e nem tão forte e agradável como quem caminha diariamente com Ele.



-----------------

* A imagem constante neste post encontra-se disponível na Internet. Caso você possua direito autoral sobre ela, por gentileza, queira nos contactar, para que procedamos com a devida identificação ou imediata remoção da mesma.